Sertões 2021 é pura aventura

O maior rali das Américas vai passar por sete estados do Nordeste

Sertões 2021 é pura aventura
Foto: CBM



A 29ª edição do Rally dos Sertões, considerado o maior das Américas, terá 80% do seu grid de largada composta por motos e UTV's, supervisionados pela Confederação Brasileira de Motociclismo (CBM). Dos 203 inscritos para a edição até o momento, 73 irão correr sobre duas rodas e 93 pilotarão as famosas "gaiolas" ao lado de seus navegadores, o que totaliza 166 veículos e 259 aventureiros. A prova acontece entre os dias 13 e 22 de agosto, com largada em Pipa do Norte (RN) e chegada em Tamandaré (PE). Também estão no roteiro PB, PI, BA, AL e CE.

Os dados apresentados ficam ainda mais significativos visto que, nesta edição, o evento bateu recorde absoluto de inscritos, que garantiram suas vagas antes mesmo da divulgação do roteiro. Com os carros, que também levar piloto e navegador, o certâme crava 333 competidores. O maior grid registrado até então foi em 2019 com 187 veículos. Para Adilson Kilca, diretor de rally da CBM, os números da edição mostram a força das provas realizadas durante o Campeonato Brasileiro da modalidade, que mantém os pilotos ativos durante todo o ano.

"Ficamos felizes com a dimensão que o rali brasileiro tomou dentro do motociclismo. Isso é apenas reflexo do trabalho que estamos fazendo há muitos anos junto aos nossos filiados, que participam com frequencia das competições do calendário. É um desafio e uma responsabilidade muito grandes, mas mais ainda é a satisfação, visto a imensidão que é este evento", fala o diretor.

O histórico dos Sertões com as motos é longo, que são, na verdade, as precursoras do certame. Tudo começou com o Rally São Francisco, criado em 1991, exclusivo para motos, feito em um percurso entre o interior de  São Paulo e as praias de Alagoas. Apenas em 1995 os carros entraram na disputa de forma experimental, em um Sertões 4x4. A entrada oficial da CBM aconteceu ainda em 1996, junto à Comissão Nacional de Rally (CNR), ano em que a Dunas Race assumiu o evento.

 

Sertões 100% Sertão

O roteiro do Sertões 2021, revelado há poucas semanas, será uma exaltação ao Nordeste. Dos nove estados da Região, o rally vai passar por sete. Serão 3.524km de percurso total. A direção técnica se esmerou em realizar uma prova altamente exigente e ao mesmo tempo deslumbrante, com visuais de tirar o fôlego. Dentre eles, três tesouros nacionais: o entorno do Rio São Francisco, ou velho Chico como é conhecido, que foi onde tudo começou – a primeira edição do que depois viria a ser o Sertões foi chamada de Rally do São Francisco ; a Serra da Capivara (PI), patrimônio mundial da Unesco e um terceiro tesouro baiano a ser revelado.

Serão 10 dias de prova: prólogo mais nove etapas. A largada será inédita da Praia da Pipa (RN) em comemoração aos 520 anos do estado potiguar. Pernambuco pela primeira vez é o palco da chegada, na Praia dos Carneiros, município de Tamandaré. O roteiro com 3.524 km vai reunir os melhores trechos especiais da região Nordeste, num total de 2.164km  – 60% do percurso. A direção técnica se esmerou em produzir uma prova para encantar os competidores em termos de belezas naturais e nível técnico e garante que a prova está completa e entre a top 3 da história.

A primeira especial vai adentrar o sertão do seridó, uma região montanhosa, já para esquentar os motores e aclimatar os competidores. A segunda etapa é uma ligação para o sertão mais a oeste. Terceiro dia a caravana vai passar por vários parques eólicos e por uma ponte com 800 metros de comprimento. Até chegar no quarto dia, quando vão se deparar com o primeiro tesouro da natureza: o entorno da Serra da Capivara (PI), patrimônio mundial da UNESCO. Muita pedra, rochas, mas com visual estonteante.

A tão temida etapa Maratona, que não permite apoio mecânico, será no quinto dia de prova e vai estabelecer um novo recorde no Sertões: a maior especial em areia já feita na história. Serão 220km de areia pesada dentro de uma especial de 330km. Segundo a direção de prova, “a melhor especial da prova, a mais dura, porém a mais prazerosa”. E ainda tem a ‘cereja do bolo’ no sétimo dia: o prazer de andar às margens do Rio São Francisco, ver a caatinga virando verde e a chegada com vista para um cânion deslumbrante.  O último dia não terá areia, apesar da proximidade com o litoral de PE, mas o desafio será a navegação.

A 29ª edição do Rally dos Sertões será válida pelo Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country da Confederação Brasileira de Motociclismo (CBM). Também será válido pelo Campeonato Mundial de Rally Cross Country da FIM (Federação Internacional de Motociclismo) com peso 2. Apenas duas provas do certame possuem peso maior, que são as chamadas etapas Maratons.

 

Roteiro
Prólogo – SEXTA 13/08.
1ª. etapa PIPA RN – PATOS PB – SÁBADO 14/08.
82KM TE. 235KM DF. 93KM   TOTAL= 410KM
2ª. etapa PATOS PB – ARARIPINA PE – DOMINGO 15/08.
27KM TE. 245KM DF. 237KM   TOTAL= 509KM
3ª. etapa ARARIPINA PE – SÃO RAIMUNDO NONATO PI – SEGUNDA 16/08.
146KM TE. 220KM DF. 38KM   TOTAL= 404KM
4ª. etapa S.RAIMUNDO  PI / S. RAIMUNDO  PI – TERÇA 17/08.
16KM TE. 290KM DF. 5KM   TOTAL= 311KM
5ª. etapa  - SÃO RAIMUNDO PI / XIQUE XIQUE BA – QUARTA 18/08  - MARATONA
11KM TE. 329KM DF. 93KM   TOTAL= 433KM 
6ª. etapa XIQUE XIQUE BA / PETROLINA PE – QUINTA 19/08 – FIM DA MARATONA
0KM TE. 310KM DF. 146KM   TOTAL= 456KM (FIM MARATONA)
7ª. etapa PETROLINA PE / PAULO AFONSO BA – SEXTA 20/08
133KM TE. 242KM DF. 24KM   TOTAL= 399KM
8ª. etapa /PAULO AFONSO BA / GARANHUNS PE – SÁBADO 21/08
39KM TE. 152KM DF. 200KM   TOTAL= 392KM
9ª etapa GARANHUNS PE / TAMANDARÉ PE – DOMINGO 22/08
58KM TE. 141KM DF. 12KM   TOTAL= 211KM

TOTAL GERAL= 3548 KM   TOTAL DE ESPECIAIS= 2.180KM

Calendário - Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country
1ª - Rally Jalapão/ Sertão Séries - 19/06
2ª - Rally RN 1500 - 30/06
3ª - Rally dos Sertões - 22/08
4ª - Rally São Paulo - 07/11
5ª - Caminho das Neves - 12/12
 
Crédito: Confederação Brasileira Motociclismo