12º Rally Ecológico nas trilhas do Mato Grosso

Grid contou com 103 veículos inscritos, com representantes de diversas cidades mato-grossenses

12º Rally Ecológico nas trilhas do Mato Grosso
Fotos: Liberdade de Ideias Divulgação






Em meio ao caos que o planeta vive, o Rally Ecológico superou todas as adversidades e, com muito sucesso, concretizou a 12ª edição, que marcou o retorno das competições automobilísticas no estado do Mato Grosso. O Parque Tia Nair, em Cuiabá (MT) recebeu neste último sábado, 05 de dezembro, 103 veículos divididos nas categorias motos (Master, Over 40, Novatos e Big-Trail), carros (4x4 Master, Expedition, Turismo 4x2 e UTV’s). O destino foi a Marina do Altayr, no Lago de Manso, Chapada dos Guimarães (MT).

Organizado pela Cronorally, o Rally Ecológico é mais do que um rali de regularidade, trata-se de um evento de cunho socioambiental, com plantio de mudas de árvores e doação de livros. “Neste ano, tivemos uma ação de última hora, onde arrecadamos ração para gatos e cachorros, que serão entregues para as ‘protetoras’ de animais abandonados. Recebemos mais de 200 quilos de ração”, falou o diretor geral da competição Luiz Galvan“Para dar continuidade a essa iniciativa, as redes de Postos Morada Shell, servirá como ponto de coleta para as pessoas que quiserem colaborar”.

E 2020 surpreendeu e mostrou que com muito esforço é possível ir além do planejado. Inicialmente, estava programado o plantio de 301 mudas de ipês e pequizeiro, que foram plantadas pelos competidores durante a prova (no entorno da rodovia MT 251 – no entrocamento com a MT 010 até a Fundação Bradesco). Porém, ainda foram distribuídas mais mil mudas.

Mas não ficou por aí: de setembro (mês de árvore) até os dias que antecederam o rali, foram distribuídas mais de 20 mil mudas, na Rede de Postos Morada Shell. A parceria foi feita com o Juvam – Juizado Volante Ambiental do Mato Grosso. 

Rally Ecológico 301 anos 

O Rally Ecológico é um dos eventos off-road mais tradicionais do Mato Grosso e, para 2020 o diretor técnico, Haroldo Pires, preparou um percurso de 200 quilômetros que chamou a atenção pelas belezas naturais, com destaque para o formato das rochas gigantes. Entre o Parque Tia Nair e a Marina do Altayr, os participantes passaram pela Comunidade Machado, Distrito de Aguaçu, Comunidade Carumbé, Distrito de Água Fria, Chapada dos Guimarães, Fazenda Nova e região do Lago de Manso. 

Choveu na sexta-feira que antecedeu ao certame, o que foi providencial pois formaram-se poças d’água para dar um pouco mais de emoção a disputa. O terreno foi misto, ora com areia, ora com cascalho. 

 

Os campeões 

Aquele ditado que diz: “o importante é participar”, de fato é verdadeiro, porém, quem não quer subir no lugar mais alto do pódio? 

Na categoria 4x2 Turismo, os campeões foram Gustavo Vilela/Leila Sambugari, seguidos por Klaiton Moreno dos Nascimento/Fernando Taveira, e Cleuber Parreira de Rezende/Isadora Queiroz Rezende, em segundo e terceiro lugares, respectivamente. 

Na categoria Toyota, os vencedores foram André Floriano Neto/Elaine Sene. Na segunda posição vieram Rodrigo Nogara Castilho/Virgiani Nogara Castilho, com Fernando Queiroz/Joanderson Souza, em terceiro. 

Na categoria 4x4 Expedition, conquistaram o primeiro lugar André Gadelha/Victor Renan, em segundo ficaram Diego Ricardo Cadore/Adna Cadore, com Alvaro Antonio/Diego Zaffari, em terceiro. 

E, na categoria 4x4 Máster, José Tanganelli/Mateus Medina foram os mais regulares. Logo atrás vieram Alexandre Carvalho da Silva/Criatiane Raquel, com Braz Cesconetto/Marco Rogério Gardenal, em terceiro. 

A categoria UTV, o vencedor foi Arlindo Vilela, e Willian Teixeira Ramos foi o vice. 

Na categoria Moto Máster, o piloto Antonio Moraes subiu no lugar mais alto do pódio, com Alessandro de Jesus em segundo, e João Fernando Campos Lima, em terceiro. 

Na categoria Moto Over 40, vitória do piloto Moyses Arantes Morgado, a segunda posição foi ocupada por Ildemar Francisco Beal, e a terceira, ficou com Lauro Duraes. 

Com o apoio da concessionária BMW Elite, o Rally Ecológico criou a categoria Big Trail, e proporcionou aos clientes da marca um sábado diferente com essas super máquinas. Entre os 14 participantes inscritos, o campeão foi Elton dos Santos Friedrich, seguido por Antonio Cassio Correia da Costa e Gilson Gregório. 

Ao final do 12º Rally Ecológico, o diretor Luiz Galvan já anunciou que para 2021, a competição será em novembro. “Agora, a organização se reunirá para fazer um balanço geral e pensar em algumas novidades para o próximo ano. Definiremos e divulgaremos em breve a nova data, para que todos já possam reservar o dia na agenda”, pontuou. “Agradecemos a Deus, aos patrocinadores e apoio, e principalmente, aos competidores para estarem conosco nesta empreitada. Em um ano de tantas incertezas, colocar o Rally Ecológico em prática foi uma grande vitória”, encerrou Galvan.

 

Crédito: Isis Moretti / Liberdade de Ideias