Benavides assume liderança geral

O piloto da Honda tornou-se líder na categoria de motocicletas no Rally Dakar de 2021

Benavides assume liderança geral
Foto: Dakar Rally 2021






BRASILEIROS E PORTUGUESES SUPERAM A QUINTA ETAPA

 

Uma etapa complicada, longa e exigente mesmo para os competidores mais experientes, marcou a quinta-feira no Rally Dakar. O quinto estágio da competição levou a caravana da capital saudita, Riyadh, a Al-Qaisumah, com 456 quilômetros cronometrados de dunas, trechos de pedras, terra e armadilhas para a navegação.

Para brasileiros e portugueses, um dia igualmente difícil mas que, na maioria dos casos, se mostrou positivo. E ainda contou com a colaboração de duplas das duas bandeiras nos UTVs/SSVs.

Ajuda de Lourenço Rosa/Joaquim Dias (Can-Am Maverick X3) a Reinaldo Varela/Maykel Justo (Can-Am Maverick X3/Monster Energy Cam-Am). Os brasileiros lideravam a especial, mas sofreram três furos de pneus ao longo do dia. Com apenas dois estepes, contaram com o empréstimo dos concorrentes lusos para limitar a perda de tempo na especial. Rosa/Dias ficaram em décimo na classe T3, duas posições à frente do campeão de 2018.

Varela e Justo aparecem em oitavo na classificação geral, comandada pelo chileno Francisco 'Chaleco' López/Juan Vinagre, com outro Maverick X3 - o piloto chileno foi o mais rápido na especial. Os portugueses vêm em 13º. No terceiro posto, Gustavo Gugelmin, ao lado do norte-americano Austin Jones (Can-Am Maverick X3/Monster Energy Cam-Am).

Na classe T3, Rui Carneiro/Filipe Serra (Can-Am Maverick X3) conseguiram uma positiva quarta posição, em mais um dia dominado pelos líderes Seth Quintero/Dennis Zenz (Overdrive OT3). E ocupam agora a posição 13 na soma das etapas.

Nas motos, o dia foi do argentino Kevin Benavides (Honda CRF 450 Rally), mesmo com uma queda em que feriu o nariz e danificou o equipamento de navegação. A vitória na especial lhe valeu pela primeira vez a liderança. Para Joaquim Rodrigues (Hero 450 Rally/Hero MotoSports), um dia difícil, também com uma queda que exigiu reparos na moto e o fez perder o ritmo. Seu companheiro de equipe Sebastian Bühler garantiu a 20ª posição na etapa, mesma que ocupa na geral (Rodrigues aparece em 19º). Rui Gonçalves (Sherco 450 RTR/Sherco Factory Racing) viveu mais uma parte de seu aprendizado - foi 34º no estágio e é o 28º no acumulado.

Carros

Entre os carros, o sul-africano Giniel de Villiers (Toyota Hilux), que venceu o Dakar, foi o mais rápido, depois de um começo de prova marcado por problemas. Guilherme Spinelli/Youssef Haddad (Mini All4/X-Raid) seguem ganhando ritmo e posições de forma constante. Em 16º na etapa, já aparecem em 15º. Marcelo Gastaldi/Lourival Roldan (Buggy Century CR6) fecharam a especial em 27º e vêm em 19º ao fim das cinco primeiras etapas.

Ricardo Porém e Jorge Machado tiveram seu melhor dia com o Borgward BX7. Conseguiram o 18º melhor tempo e saltaram para 26º. O navegador Filipe Palmeiro, ao lado do piloto lituano Benediktas Vanagas, é o 16º, enquanto José Marques, que forma dupla com Gintas Petrus (também da Lituânia) num Buggy Optimus, é o 37°.

A sexta-feira marca a chegada a Ha'Il, onde a caravana terá no sábado o dia de descanso. A promessa é de mais uma etapa desafiadora com muitas dunas, trabalho para encontrar os waypoints corretos. A organização acredita que haverá competidores chegando ao acampamento já à noite.

 

Carros

  1. Giniel de Villiers/Alex Haro (AFS-ESP/Toyota Hilux) 5h09min25
  2. Brian Baragwanath/Taye Perry (AFS/Buggy Century CR6) + 58s
  3. Stephane Peterhansel/Edouard Boulanger (FRA/Buggy Mini JCW) + 2min25
  4. Guilherme Spinelli/Youssef Haddad (BRA/Mini All4) + 40min57
  5. Ricardo Porém/Jorge Monteiro (POR/Borgward BX7) + 42min29
  6. Benediktas Vanagas/Filipe Palmeiro (LTU-POR/Toyota Hilux) + 50min11
  7. Marcelo Gastaldi/Lourival Roldan (BRA/Buggy Century CR6) + 59min42
  8. Gintas Petrus/José Marques (Buggy Optimus) + 1h28min41

Motos

  1. Kevin Benavides (ARG/Honda CRF 450 Rally) 5h09min50
  2. Jose Ignacio Cornejo (CHI/Honda CRF 450 Rally) + 1min00
  3. Toby Price (AUS/KTM 450 Rally) + 1min20
  4. Lorenzo Santolino (ESP/Sherco 450 RTR) + 2min29
  5. Sam Sunderland (GBR/KTM 450 Rally) + 4min17
  6. Sebastian Bühler (POR/Hero 450 Rally) + 30min24
  7. Joaquim Rodrigues (POR/Hero 450 Rally) + 31min51
  8. Rui Gonçalves (POR/Sherco 450 RTR) + 58min24

UTV/SSV - T3

  1. Seth Quintero/Dennis Zenz (EUA-ALE/Overdrive OT3) 5h49min03
  2. Mitch Guthrie/Ola Floene (EUA-NOR/Overdrive OT3) + 14min43
  3. Lionel Baud/Loic Minaudier (FRA/PH Sport Zephyr) + 14min46
  4. Rui Carneiro/Filipe Serra (POR/Can-Am Maverick X3) + 43min41

UTV/SSV - T4

  1. Francisco López/J.P. Latrach (CHI-ESP/Can-Am Maverick) 5h47min32
  2. Khalifa Al-Attiyah/Paolo Ceci (QAT-ITA/Can-Am Maverick) + 1min52
  3. Austin Jones/Gustavo Gugelmin (EUA-BRA/Can-Am Maverick X3) + 4min17
  4. Lourenço Rosa/Joaquim Dias (POR/Can-Am Maverick X3) + 42min54
  5. Reinaldo Varela/Maykel Justo (BRA/Can-Am Maverick X3) + 52min27

 

Classificação geral

Carros

  1. Stephane Peterhansel/Edouard Boulanger (FRA/Buggy Mini JCW) 18h28min02
  2. Nasser Al-Attiyah/Mathieu Baumel (QAT-FRA/Toyota Hilux) + 6min11
  3. Carlos Sainz/Lucas Cruz (ESP/Buggy Mini JCW) + 48min13
  4. Jakub Przygonski/Timo Gottschalk (POL-ALE/Toyota Hilux) + 1h04min49
  5. Martin Prokop/Viktor Chytka (CZE/Ford Raptor RS) + 1h10min42
  6. Guilherme Spinelli/Youssef Haddad (BRA/Mini All4) + 2h32min29
  7. Benediktas Vanagas/Filipe Palmeiro (LTU-POR/Toyota Hilux) + 2h44min23
  8. Marcelo Gastaldi/Lourival Roldan (BRA/Buggy Century CR6) + 3h07min10
  9. Ricardo Porém/Jorge Monteiro (POR/Borgward BX7) + 3h51min13
  10. Gintas Petrus/José Marques (Buggy Optimus) + 5h56min34

Motos

  1. Kevin Benavides (ARG/Honda CRF 450 Rally) 20h15min39
  2. Xavier de Soultrait (FRA/Husqvarna FC 450 Rally) + 2min31
  3. Jose Ignacio Cornejo (CHI/Honda CRF 450 Rally) + 3min42
  4. Toby Price (AUS/KTM 450 Rally) + 3min43
  5. Sam Sunderland (GBR/KTM 450 Rally) + 6min06
  6. Joaquim Rodrigues (POR/Hero 450 Rally) + 48min03
  7. Sebastian Bühler (POR/Hero 450 Rally) + 1h13min48
  8. Rui Gonçalves (POR/Sherco 450 RTR) + 2h04min44

UTV/SSV - T3

  1. Seth Quintero/Dennis Zenz (EUA-ALE/Overdrive OT3) 22h52min32
  2. Cristina Gutiérrez/François Cazalet (ESP-FRA/Overdrive OT3) + 1h20min12
  3. Matthias Ekstrom/Emil Bergkvist (SUE/Yamaha YXZ1000) + 56min01
  4. Rui Carneiro/Filipe Serra (POR/Can-Am Maverick XRS) + 6h58min06

UTV/SSV - T4

  1. Francisco López/J.P. Latrach (CHI-ESP/Can-Am Maverick) 22h26min29
  2. Aron Domzala/Maciej Marton (POL//Can-Am Maverick) + 9min51
  3. Austin Jones/Gustavo Gugelmin (EUA-BRA/Can-Am Maverick X3) + 12min28
  4. Reinaldo Varela/Maykel Justo (BRA/Can-Am Maverick X3) + 1h34min22
  5. Lourenço Rosa/Joaquim Dias (POR/Can-Am Maverick X3) + 2h41min13

Roteiro

  • 02/1    Prólogo: Jeddah (11km)
  • 03/1    1ª etapa: Jeddah/Bisha (622km/SS: 277km)
  • 04/1    2ª etapa: Bisha/Wadi Al Dawasir (685km/SS: 477km)
  • 05/1    3ª etapa: Wadi Al Dawasir/Wadi Al Dawasir (630km/SS: 403)
  • 06/1    4ª etapa: Wadi Al Dawasir/Riyadh (813km/SS: 337km)
  • 07/1     5ª etapa: Riyadh/Al-Qaisumah (625km/SS: 419km)
  • 08/1    6ª etapa: Al-Qaisumah/Ha'Il (618km/SS: 448km)
  • 09/1    Descanso
  • 10/1    7ª etapa: Ha'Il/Sakaka (SS: 371/etapa Maratona)
  • 11/1    8ª etapa: Sakaka/Neom (709km/SS: 375km)
  • 12/1    9ª etapa: Neom/Neom (579km/SS: 465km)
  • 13/1    10ª etapa: Neom/AlUla (583km/SS: 342km)
  • 14/1    11ª etapa: AlUla/Yanbu (557km/SS: 511km)
  • 15/1    12ª etapa: Yanbu/Jeddah (452km/SS: 225km) 

 

Crédito: Ricardo Ribeiro/Rodrigo Gini - Vipcomm Assessoria de Imprensa e Conteúdo

 

========== ========== ========== ========== 

 

KEVIN TORNOU-SE O SEXTO LÍDER ABSOLUTO NA CATEGORIA DAS MOTOS

 

O piloto da Honda, Kevin Benavides, tornou-se o sexto líder absoluto diferente na categoria de motocicletas no Rally Dakar de 2021, após conquistar sua primeira vitória no evento da Arábia Saudita.

Benavides foi para a etapa de 456 km de Riade-Al Qaisumah na quinta-feira em terceiro lugar geral e 3m24s do líder Xavier de Soultrait durante a noite, mas apenas 14º na ordem de corrida devido à sua posição final no teste do dia anterior.

Isso colocou o argentino em uma boa posição para lutar pela vitória, já que ele passou a fase lutando contra seu colega júnior da Honda e também sul-americano Jose Ignacio Cornejo.

Depois de perder cinco minutos na marca de 74 km, Benavides recuperou esse tempo ao longo do resto da especial, apesar de ter sofrido uma queda e lesionado o nariz logo após a marca de 330 km, terminando exatamente um minuto à frente de Cornejo.

Um ataque tardio do homem da KTM Toby Price deixou o australiano com um forte terceiro lugar, apenas 20 segundos mais atrás, enquanto o piloto da Sherco Lorenzo Santolino foi um impressionante quarto à frente de outro piloto de fábrica da KTM, Sam Sunderland.

O corsário Husqvarna de Soultrait foi o sexto no dia e perdeu apenas uma posição na geral para ficar a apenas 2m31s do novo líder Benavides na classificação.

Enquanto isso, Cornejo saltou da nona para a terceira posição, 3m42s atrás, com Price apenas um segundo atrás do chileno em quarto e Sunderland completando um apertado conjunto entre os cinco primeiros.

O vencedor da etapa de quarta-feira, Joan Barreda, continuou a tendência estabelecida de o piloto abrir a estrada sofrendo ao ceder cerca de 19 minutos ao companheiro de equipa Benavides, perdendo quase todo esse tempo com um erro de navegação precoce.

Tendo chegado ao dia a apenas 15s da liderança da classificação, o espanhol caiu para o nono, a 14m02s da liderança.

A tática do campeão em título Ricky Brabec de desacelerar deliberadamente na etapa de quarta-feira para ter uma posição melhor na estrada não rendeu frutos, já que ele acabou perdendo 14 minutos para Benavides. No entanto, ele ganhou uma posição geral, subindo para a 14ª posição.

As esperanças do piloto da Yamaha Adrian van Beveren de lutar pelo pódio parecem ter acabado depois que o francês caiu quase 40 minutos depois de se perder no início da especial.

Isso deixa Ross Branch como a única esperança realista de um resultado superior da marca, com o piloto de Botswana em oitavo lugar, atrás do ex-líder Skyler Howes (KTM).

 

Crédito: Jamie Klein – Motosport