Quartararo vence pela terceira vez consecutiva

Yamaha vence MotoGP em Portimão e vai para Jerez como líder geral do campeonato

Quartararo vence pela terceira vez consecutiva
Fotos: Yamaha Racing Brasil



Fabio Quartararo, da equipe Monster Energy Yamaha MotoGP, que já era o favorito do final de semana por fazer o melhor tempo nos treinos livres e conquistar a pole no sábado, fez um ritmo de corrida consistente no Grande Prêmio de Portugal e venceu a terceira etapa da temporada 2021 neste domingo, 18.

O jovem francês deu uma aula em Portimão. Conquistou a sua segunda vitória consecutiva de 2021 e assumiu a liderança da classificação do campeonato. El Diablo estava muito seguro da sua corrida e venceu com uma margem de 4,809s sobre o segundo colocado. A vitória, segundo o piloto, leva méritos do desempenho incrível da sua YZR-M1:

“A M1 funcionou muito bem neste fim-de-semana, tanto que quase não tive que mudar os ajustes do Catar, apesar de serem duas pistas muito diferentes, o novo chassis me ajudou muito, especialmente a sentir a frente. Fizemos um trabalho incrível! Ontem fomos os primeiros em todas as sessões e hoje vencemos. Então, obrigado à equipe. Esses pontos são importantes, e agora vamos para uma das minhas pistas favoritas, Jerez. Mal posso esperar para chegar lá”, declarou Fabio Quartararo, o vencedor da prova.

O seu companheiro de equipe, Maverick Viñales, lutou para encontrar seu ritmo no início da corrida e chegou na décima primeira posição.

 

Petronas Yamaha SRT

Partindo da quinta posição do grid, Franco Morbidelli fechou o primeiro Grande Prêmio Europeu da temporada perto do pódio:

“O quarto lugar é um resultado positivo, estou contente. As coisas ocorreram melhor do que nas duas primeiras corridas no Catar. Me diverti muito, foi uma corrida dura mas bonita. Depois da largada foi uma corrida de ritmo: era importante não cometer erros e ser preciso. Eu estava no limite, saí de pista três vezes, estou feliz por poder somar pontos valiosos”, contou o ítalo-brasileiro que finalizou na quarta posição da corrida e em primeiro lugar no pódio de equipes independentes.

Valentino Rossi que largou da 17ª posição, vinha fazendo uma boa corrida, recuperando posições, mas infelizmente teve uma queda na curva 11.

“Largar muito atrás não ajudou, assim como o erro que cometi na curva um, que me fez perder muito tempo. Depois perdi tempo para ultrapassar o Luca, mas apesar disso estava em boa posição para somar pontos, quando perdi a frente na curva 11 e acabei no chão. Uma pena”. O Doutor conta também sobre a experiência de competir com o seu irmão mais novo: “Precisei ser um pouco agressivo com Luca porque naquele momento eu era mais rápido. Ultrapassar uma moto do Time Sky VR46 foi estranho, mas foi ainda mais estranho ultrapassar o meu irmão”.

Após a terceira rodada, a Yamaha lidera o campeonato de pilotos com Fabio Quartararo com 61 pontos, o campeonato de construtores com 75 pontos, e o de equipes com a equipe Monster Energy Yamaha MotoGP  com 102 pontos.

A MotoGP viaja agora para Espanha para a quarta rodada da temporada 2021. O Grande Prêmio da Espanha acontecerá no Circuito de Jerez, Ángel Nieto, de 30 de Abril a 2 de Maio de 2021.

 

Crédito: Yamaha Brasil Racing