Cofap alerta para a manutenção preventiva

Manutenção preventiva para garantir a segurança do motorista e dos passageiros

Cofap alerta para a manutenção preventiva
Foto: SDpress






Carros seminovos também precisam de manutenção preventiva para garantir a segurança do motorista e dos passageiros. Os técnicos da Marelli Cofap Aftermarket, maior empresa do mercado de reposição de autopeças do País, afirmam que é preciso ficar atento aos sinais de desgaste e realizar revisões preventivas para manter o veículo sempre em boas condições. Afinal, levar o carro à oficina apenas quando o problema já comprometeu o funcionamento de um ou mais componentes pode pesar – e muito – no bolso, sem falar na segurança.

Mas quando um carro é considerado seminovo? Geralmente são aqueles que rodaram cerca de 30 mil quilômetros. Há casos de veículos com “idade avançada”, mas com baixa quilometragem e que atraem compradores em busca de um carro em perfeitas condições de uso. No entanto, mesmo que o hodômetro tenha só quatro ou cinco dígitos, isso não significa que os cuidados com a manutenção podem ser negligenciados. Pelo contrário, é preciso levá-lo a oficina de confiança e verificar as reais condições e se há necessidade de substituição de peças.

Os amortecedores, por exemplo, itens vitais para a segurança, precisam de verificação com certa frequência devido às péssimas condições de nossas ruas e estradas. Quando a peça está desgastada, ela não só compromete o conforto, mas – mais importante - pode comprometer também dirigibilidade do veículo, colocando a segurança em risco. Além disso, se estiver desgastado, os esforços sobre a suspensão podem acabar comprometendo outros componentes do sistema.

Os amortecedores Cofap Super e Turbogás para veículos leves possuem garantia de dois anos e sua vida útil varia de acordo com a intensidade e condições de uso do veículo. O consumidor só perde o direito à garantia caso a montagem ou aplicação seja realizada de maneira inadequada, não recomendada pela empresa. Por isso, é importante entregar o seu carro nas mãos de oficinas qualificadas, com profissionais preparados e ferramentas adequadas para a atividade.

De acordo com os profissionais da Marelli Cofap Aftermarket, as revisões periódicas devem ser realizadas dentro do plano previsto pelo fabricante do veículo ou, pelo menos, uma vez por ano. Caso o veículo rode bastante, esse prazo pode ser reduzido, ou se o motorista perceber ruídos na suspensão ou no motor, instabilidade direcional, problemas de performance e até aumento do consumo de combustível, é recomendável levar o veículo para uma revisão e, caso seja necessário, realizar os reparos necessários.

 

Crédito: Priscila Fabi / Bruna Quintanilha