KTM confirma Gardner no MotoGP

A estrela de Moto2 tem agora novos objetivos pela frente

KTM confirma Gardner no MotoGP
Fotos: KTM Press Service






Gardner, o atual líder do campeonato de Moto2, vencedor do Grande Prêmio da Itália e dono  de cinco pódios em seis eventos nesta temporada pela equipe Red Bull KTM Ajo de Aki Ajo, assinou contrato e vai fazer sua estreia no MotoGP no próximo ano.

O potencial do jovem de 23 anos ficou evidente através do conhecimento que envolveu um mandato na Moto3 e cinco na Moto2. Ele foi finalmente resgatado pela KTM para encerrar fases avançadas de seu desenvolvimento sob o olhar atento de Ajo e na equipe que levou os atletas da Red Bull KTM Factory Racing, Brad Binder e Miguel Oliveira ao triunfo no MotoGP.

Remy fez sua estreia no GP de San Marino em 2014. Ele subiu ao pódio da Moto2 pela primeira vez em 2019 no Grande Prêmio da Argentina e progrediu muito para ser um dos principais protagonistas da divisão. Depois do sucesso em Mugello no fim de semana passada, ele agora detém dois troféus de vencedor da Moto2 e lidera a classificação com seis pontos.

Gardner vai lançar a Tech3 KTM RC16 para a primeira rodada da temporada de 2022, quase três décadas depois que seu pai, Wayne, se aposentou da classe Queen do Grande Prêmio em 1992.

Remy Gardner: “Estou extremamente feliz pela KTM ter me dado esta oportunidade. É um sonho que se tornou realidade para mim e pelo que trabalhamos até agora. É uma chance incrível a qual mal posso esperar para andar na motocicleta. Só tenho que agradecer a KTM por acreditar em mim. No momento, precisamos nos concentrar em terminar 2021 de maneira forte. Quero agradecer também a todos ao que me apoiaram para chegar ao MotoGP. Estamos apenas começando".

Pit Beirer, Diretor da KTM Motorsport: “É um verdadeiro prazer para nós trazermos Remy para o MotoGP na próxima temporada porque sabíamos da sua velocidade e capacidade para a Moto2 e ele confirmou esse potencial. Acreditamos que há muito mais vindo dele e é importante que ele tenha essa oportunidade de continuar crescendo. Remy é um piloto típico. Ele é super determinado e nunca desiste. Ele é emocionante de assistir e estamos ansiosos para iniciar os trabalhos com ele na próxima etapa. Mais uma vez, também estamos mostrando que a KTM GP Academy pode dar a oportunidade certa para os pilotos que querem e desejam ir até o fim”.

Hervé Poncharal, Diretor da equipe Tech3 KTM Factory Racing: “Estamos muito orgulhosos, felizes e confiantes em receber Remy. Acreditamos que ele será um grande trunfo para a linha KTM MotoGP e acho que ter tomado essa decisão vai ajudar Remy a se concentrar 100% no Campeonato Mundial de Moto2 e também nos ajudará, a Tech3 KTM Factory Racing Team a se concentrar em nossa temporada de 2021. Então, seja bem vindo de volta, Remy, continue pressionando e junte-se a nós em sua aventura de MotoGP em 2022!”.

 

Crédito: Sebastian kuhn - Gerente de Imprensa e RP