Honda Repsol no Mundial de TrialGP

Itália vai ser o palco de abertura dos grandes desafios da temporada

Honda Repsol no Mundial de TrialGP
Fotos: Honda Racing Corporation






O Campeonato Mundial TrialGP começa no próximo fim de semana na Itália. Toni Bou e Takahisa Fujinami, os dois pilotos da Repsol Honda Team, estão prontos para enfrentar uma nova temporada e com muitos novos desafios pela frente para ambos.

A Itália vai sediar mais uma vez o Campeonato Mundial de TrialGP, desta vez pela primeira rodada do campeonato, que deve começar no próximo fim de semana com dois dias de competição oficial.

A maior incógnita é se Toni Bou será capaz de participar da abertura da temporada após ter fraturado a fíbula da perna esquerda há algumas semanas enquanto treinava na moto. Depois de ser operado, o piloto da Repsol Honda Team Trial iniciou um programa de reabilitação que o levou de volta à moto , pela primeira vez, apenas alguns dias atrás. O próprio piloto citou boas sensações iniciais e está confiante ao iniciar a defesa do título do campeonato mundial na abertura da temporada do TrialGP em Tolmezzo, Itália, entre 12 e 13 de junho. Com quatorze títulos já conquistados, Bou buscará melhorar sua figura no que promete ser uma temporada altamente imprevisível. Toni Bou já venceu na Itália catorze vezes, tendo vencido as últimas doze corridas consecutivas.

Por sua vez, o japonês Takahisa Fujinami, iniciará a 26ª temporada consecutiva na competição de elite. ‘Fujigas’, campeão do mundo em 2004, buscará uma temporada positiva tendo o pódio como principal objetivo, pois o calendário encurtado de 2020, com a concentração de corridas, prejudicou seu desempenho nos eventos de abertura. O histórico de Fujinami até agora na Itália inclui cinco vitórias e um recorde de 22 pódios.

O Italy TrialGP 2021, será realizado em Tolmezzo, na região de Udine, no sopé dos Alpes Orientais. O novo regulamento da temporada afetará o percurso, que terá, diferentemente da temporada passada, apenas duas voltas com um total de 12 seções. O tempo máximo permitido para completar a primeira rodada será de 2h30m. Após 15 minutos de descanso e lanche, os pilotos terão 1h45m para finalizar a segunda volta das seções, sendo o tempo máximo total permitido por piloto de 4h30m. No sábado, o evento terá início às 10h00, enquanto no domingo a prova terá início às 09h00.

Toni Bou: “Há muitas incógnitas, mas depois da lesão, tenho sido muito cuidadoso para chegar ao evento de abertura do campeonato, certificando-me de que o osso está se segurando bem. Tudo ainda pode acontecer porque faz apenas um mês desde a operação, mas o objetivo é claro: chegar à Itália e somar o máximo de pontos possível. Vou tentar sobreviver ao fim de semana, que será muito difícil, pois um mês de folga pode realmente prejudicar o seu condicionamento. Por outro lado, sabemos por experiência própria, como não é a primeira vez que já passei por isso, o que pode acontecer, mas vamos tentar aproveitar ao máximo as boas sensações e focar no campeonato”.

Takahisa Fujinami: “Estou muito feliz por voltar ao Campeonato Mundial Outdoor por mais um ano. Já fiz 26 temporadas na competição da primeira divisão e na mesma equipe também, o que me deixa muito confiante. Também estou muito motivado porque desde o final do ano passado trabalhámos bem e juntamente com a equipe, conseguimos melhorar a moto, esta sendo um sonho. Estou muito ansioso para começar o campeonato, quanto a mim, pessoalmente, aos 41, quero saber o quão longe posso chegar. Está tudo no ar, mas começamos muito bem preparados tanto fisicamente quanto tecnicamente”.

 

TrialGP World Championship

12-13 de junho TrialGP Italy Tolmezzo
4 de julho TrialGP France Charade
21-22 de agosto TrialGP Andorra St Julia
29 de agosto TrialGP France Cahors
11-12 de setembro TrialGP Spain Baiona
10-11 de outubro TrialGP Great Britain Tong

 

Crédito: Honda Racing Corporation