Honda no Rally Andaluzia

Os pilotos prontos para participarem da segunda edição do Rali na Espanha

Honda no Rally Andaluzia
Fotos: Honda Racing Corporation






Enquanto Ricky Brabec e José Ignacio Cornejo vão participar do Rally Sonora, os demais integrantes da equipe ficarão na Espanha para disputar o Rally de Andaluzia. A pequena cidade de Villamartín e seus arredores receberão a segunda edição da prova que acontecerá entre os dias 11 a 15 de maio. A Monster Energy Honda Team vai alinhar dois dos seus pilotos de fábrica, Joan Barreda e Pablo Quintanilla. Esta será a primeira oportunidade para o recém-contratado piloto chileno colocar a Honda CRF450 RALLY à prova, no que deverá ser uma grande oportunidade para o recém-chegado conhecer melhor a sua nova moto.

Os motores do Rally da Andaluzia entrarão em ação no dia 12 com o prólogo, uma Super Especial de oito quilômetros. Antes disso, os participantes devem primeiro passar pelas verificações administrativas e técnicas, bem como pelo teste Covid-19 obrigatório. Serão apenas quatro etapas em um total de 1.100 quilômetros pelas províncias de Cádiz e Sevilha.

 

 

Ruben Faria - Diretor Geral: “Depois da vitória do Dakar, estas são as primeiras corridas em que iremos competir. dividimos a equipa em duas, dois pilotos irão para Sonora e dois para o sul de Espanha, perto de Sevilha. Planejamos participar desta prova por vários motivos, em primeiro lugar, porque a entidade organizadora (ASO e David Castera) é a mesma que vai organizar o Dakar 2022, que terá a sua apresentação oficial durante a prova, da mesma forma, porque é uma corrida interessante e que servirá como treinamento e também pelo fato de termos pela primeira vez o Pablo Quintanilla atuando como piloto da equipe. Foi tudo muito repentino, mas pensamos que esta será uma grande oportunidade para ele poder se adaptar à nova moto e também a equipe. é importante poder aproveitar as oportunidade e correr durante o ano, dando continuidade a preparação para o Dakar 2022. A equipe está praticamente pronta e seguiremos os procedimentos que tivemos no Dakar 2021, quando vencemos".

 

Crédito: Honda Racing Corporation