Gajser vai defender o campeonato MXGP

Piloto Team HRC vai em busca do terceiro título consecutivo

Gajser vai defender o campeonato MXGP
Fotos: HRC






O atual campeão mundial de MXGP, Tim Gajser, vai a Orlyonok, na Rússia, neste fim de semana para a tão esperada primeira rodada da série 2021. O piloto da Team HRC está em busca do terceiro título consecutivo aos comandos da Honda CRF450RW e embora a primeira corrida tenha sido continuamente adiada, ele ainda se sente em boa forma para defender o título com sucesso.

No entanto, seu companheiro de equipe Mitch Evans não fará a viagem, pois ele ainda está se recuperando de complicações de sua cirurgia no pulso e não está se sentindo 100%, o que é necessário quando se tenta competir nesta classe MXGP altamente competitiva.

Para Gajser, porém, o local de Orlyonok guarda boas lembranças, pois ele venceu aqui na última vez que eles realizaram a corrida aqui em 2019. Com o tempo parecendo bom para o fim de semana, o circuito de alta velocidade e lotado deve fornecer corridas mais acirradas e o espetáculo perfeito enquanto a temporada MXGP finalmente começa.

Tim Gajser: “Estou muito animado para finalmente começar esta temporada de 2021. Foi um treinamento e uma preparação de longa data e mal posso esperar por aquele primeiro Gate.  Eu sei que há muitos pilotos rápidos na classe e que a pista de Orlyonok não é fácil de passar, então eu preciso ter certeza de que minhas largadas serão boas e preciso manter meus altos níveis de concentração. Esta planejado para ser um campeonato longo, então não preciso correr muitos riscos no primeiro evento, mas apenas aproveitar o fato de que estou de volta às corridas. Espero que em breve eu consiga ver muitos fãs na pista”.

Marcus Pereira de Freitas - Gerente Geral HRC – MXGP: “É bom estar voltando para uma corrida depois de mais de sete meses desde a última corrida MXGP. Tim fez algumas rodadas na Itália e um aquecimento na Eslovênia para se livrar da ferrugem depois de uma longa ausência, mas a Rússia é aquela que todos esperávamos. Infelizmente, Mitch não pode se juntar a nós porque seu pulso não está 100%, mas por outro lado, tivemos uma boa preparação e todos na Equipe HRC estão prontos para tentar buscar o terceiro título do MXGP seguidos”.

 

Crédito: Honda Racing Corporation