Conhecendo mais sobre os motores HD

A principal diferença ficou por conta dos balanceiros, que estão mais práticos para desmontar e montar.

Conhecendo mais sobre os motores HD






A convite da Harley-Davidson do Brasil, eu me juntei com outros jornalistas especializados e fomos até o SENAI Ipiranga, na Capital Paulista, para um treinamento, onde aprendemos sobre as principais diferenças do seu novo motor Milwaukee Eight, que equipa os modelos Touring (A) e Softail (B) da marca norte-americana.

Quem nos orientou foi o professor Jeferson, um excelente profissional que com muita propriedade nos guiou na parte teórica e também na prática. Colocamos a mão na passa e desmontamos e montamos tanto o novo motor quanto o antigo, Twin Cam 103. 

Após a prática em cada motor, tivemos a certeza que a Harley se preocupou na manutenção desses novos propulsores, diminuindo a quantidade de peças. A principal diferença ficou por conta dos balanceiros, que estão mais práticos para desmontar e montar. Para quem não sabe, Balanceiros nada mais são do que contra pesos que auxiliam na diminuição da vibração do motor. 

O motor Milwaukee-Eight (B) foi trazido para os modelos da familia Softail, nas versões 107 e 114 e contam com dois balanceiros, enquanto os que equipam os modelos Touring possuem apenas um. Os contra pesos possuem marcas de sincronismo que devem ser observadas na montagem de cada motor. 

O novo motor Softail é montado rigidamente no chassi, ou seja, não possui coxins de borracha em sua fixação. Isso explica o motivo de possuir dois balanceiros ao invés de um. 

Outra novidade interessante é que agora os motores contam com 4 válvulas por cabeçote e comando único de válvula. 

Texto: Rodrigo Wood

Fotos: Divulgação Harley Davidson