Yamaha enfrenta dificuldades em Arlington

Equipe espera melhor desempenho na próxima rodada AMA Supercross

Yamaha enfrenta dificuldades em Arlington
Fotos: AMA Supercross






Categoria: 250SX

O dia estava favorável para Cooper, ele começou como o melhor classificado e vencedor da corrida de calor. Ele estava confiante de que sua velocidade se traduziria em um bom resultado no evento principal. Em uma pista que era difícil de passar, Cooper constantemente eliminou os pilotos até chegar ao quarto lugar um pouco antes da metade da prova. Ele fechou a lacuna para os líderes e como o tempo se esgotou, ele finalizou em terceiro. Os dois iam e vinham, mas, infelizmente, Cooper derrapou enquanto tentava passar para o terceiro lugar na última volta. O nova-iorquino foi capaz de remontar rapidamente e ainda ficar em quarto lugar para marcar alguns valiosos pontos na busca do título que seis pontos a sua frente.

Embora Thrasher não tivesse uma qualificação ou corrida de calor ideal, ele estava ansioso pelo evento principal e mostrando sua velocidade. Ele largou em 17º lugar e se esforçou ao máximo para abrir caminho e ainda conseguiu chegar ao top 10, obtendo seu melhor resultado da temporada em 10º.

Frye continuou a trabalhar para encontrar sua zona de conforto nas condições desafiadoras do AT&T Stadium. O jovem de 20 anos terminou em nono na corrida de calor para se qualificar para a principal, mas infelizmente se juntou a outro piloto após a largada e voltou para o final do pelotão. A partir daí, Frye seguiu em frente para terminar a corrida em 21º.

A equipe Monster Energy Star Yamaha Racing 250SX West continua sua corrida dentro do AT&T Stadium na terça-feira, 16 de março para a quarta rodada do Campeonato Monster Energy AMA Supercross 250SX West em Arlington, Texas.

Wil Hahn, Gerente de equipe Monster Energy Star Yamaha Racing 250: “Foi uma noite de montanha-russa para nós, nosso dia estava indo bem, mas no geral não executamos nosso plano de jogo. Nós apenas temos que ser melhores, esse é o resultado final".

Justin Cooper: “Minha noite foi um pouco agitada. Foi um bom começo de noite conseguindo a vitória na corrida de calor, mas tive uma péssima largada no principal e estava meio que lutando pela posição na pista com todos. Eu lentamente fiz meu caminho através do pelotão porque era muito difícil de passar. Subi para o quarto lugar e pude ver os líderes à minha frente. Eles estavam pilotando muito bem. Eu alcancei o Cameron (McAdoo) e consegui fazer a passagem, mas ficamos indo e voltando. Tentei passar na última volta e acabei perdendo a frente em uma curva. Esses caras estão andando muito bem e não posso dar-lhes tanto espaço no início da corrida”.

Nate Thrasher: “Tivemos um treino duro e uma corrida de quente. Eu estava sem tempo, uma vez que os competidores estavam bem próximos, mas isso é algo que podemos e devemos trabalhar. Para o evento principal, me senti bem durante toda a corrida. Não tive uma boa escolha de gate e comecei mal. Tentei empurrar o máximo que pude, mas acabei recebendo um pequeno impulso no braço no final e não consegui empurrar mais. No geral, sinto que temos velocidade máxima, só precisamos começar melhor, especialmente em uma pista que é difícil de ultrapassar. Você realmente teve que escolher seus pontos para fazê-los funcionar. Vamos trabalhar para conseguir esse início melhor e, com sorte, subir ao pódio”.

Jarrett Frye: “Foi uma noite muito difícil para mim. Vamos nos organizar, treinar mais a lição de casa e voltar novamente na terça-feira".

  

Resultados de 2021 Monster Energy AMA Supercross 250SX Arlington

Classificação do Campeonato Oeste 2021 Monster Energy AMA Supercross 250SX

  

Categoria: 450SX

Plessinger estava aproveitando o momento de seu primeiro pódio da temporada em Arlington 1, começando a noite com sua primeira vitória em uma corrida da série 450. Com uma boa seleção de gate, deu o seu melhor para arrancar e conseguir mais um pódio, mas acabou em 10º no início da segunda volta. Ele constantemente abriu caminho pela pista lotada e alcançou a linha de chegada com um quinto lugar próximo, entrando entre os cinco primeiros do campeonato.

Stewart tem estado bem ultimamente, e isso foi mostrado no estado de Lone Star. Ele começou o evento principal entre os 10 primeiros e estava avançando quando cometeu um erro que o tirou da pista na quarta volta da corrida. Ele voltou na 22ª colocação e conseguiu lutar até voltar a 14ª colocação, seu valeu e agora ele esta empatado com 152 pontos com seu companheiro de equipe Plessinger.

Foi um ótimo começo de noite para Ferrandis, que disparou para fora do gate e se viu correndo em segundo lugar no evento principal da décima rodada. O Novato correu muito  quando as voltas começaram a diminuir, mas algumas voltas depois de Stewart, ele se viu do lado errado de uma passagem e acabou caindo com força no chão. Ele tentou se levantar, mas ao cair, acabou machucando a perna e não conseguiu finalizar a corrida.

A equipe Monster Energy Star Yamaha Racing 450 retorna à ação no AT&T Stadium em Arlington, Texas, na terça-feira, 16 de março, para a segunda rodada do Monster Energy AMA Supercross tripleheader.

Jeremy Coker, Gerente de equipe Monster Energy Star Yamaha Racing 450: “Os resultados não mostrarão o que realmente poderia ter sido. A pista foi bem fácil, então não havia muito separando os caras. O único ponto que os separava eram os gritos e, felizmente, nossos três pilotos foram ótimos lá. Infelizmente, Dylan bateu em outro piloto e acabou caindo. Achamos que está tudo bem e pronto para terça-feira. Em uma nota positiva, Dylan finalmente teve um ótimo começo - dois, na verdade. Malcolm teve uma pequena pancada na cabeça e caiu também, mas felizmente ele está bem e pronto para retornar. Aaron teve uma boa corrida. Ele passou muito tempo atrás de (Dean) Wilson, mas depois ele reagiu, estávamos bem. Vamos fazer treinar um pouco mais e na terça feira estaremos de volta".

Aaron Plessinger: “Estou entusiasmado da forma como a corrida de calor correu com a vitória. Em seguida, entramos no gate principal, tentei escolher aquele que achei que seria o melhor. Tentei fazer minha própria corrida e comecei então a cortar os pilotos um por um, mas a pista era complicada. Era preciso ter paciência nas bermas, senão era fácil cair. Vamos aguardar a próxima semana para voltar aqui e finalizar com um bom trabalho”.

Malcolm Stewart: “Foi um ótimo dia. O evento principal estava indo bem, mas (Jason) Anderson se aproximou de  e bateu em mim. Não foi grande coisa. Eu estava apenas indo para corrigir o problema, mas quando fui fazer o conserto, meu pneu engatou e acabei caindo. Essa não era minha intenção de forma alguma. Não era a noite que estávamos imaginando, sai voando, mas estou feliz por não me machucar quando bati no concreto. É bom ter essas três corridas porque ainda podemos rapidamente nos organizarmos e voltar as demais”.

Dylan Ferrandis: “O dia começou bem, tive um bom início tanto na bateria como no evento principal. Infelizmente, fui excluído por outro piloto, que me fez cair. Bati a perna com muita força e não foi possível retornar para a corrida”.

  

Resultados de 2021 Monster Energy AMA Supercross 450SX Arlington 1

Classificação do Campeonato Monster Energy AMA Supercross 450SX de 2021

  

Crédito: Yamaha Racing