SuperBike Brasil adia primeira etapa

Organização achou por bem cancelar a primeira etapa do ano.

SuperBike Brasil adia primeira etapa






Devido ao cenário de incerteza em relação à pandemia do COVID-19, em especial no âmbito nacional e municipal, e priorizando a saúde e a vida de todos os envolvidos, a organização do SuperBike Brasil decidiu por bem postergar a realização da etapa de abertura da temporada 2020, inicialmente agendada para este próximo final de semana no Autódromo de Interlagos.

Em um primeiro momento a organização, alinhada aos poderes públicos, apenas restringiu a presença do público e tinha a intenção de manter a etapa com portões fechados e inúmeras restrições quanto a quantidade de pessoas.

No entanto, com o avanço das medidas de prevenção do poder público, se fez necessária uma nova reflexão, que resultou no adiamento do evento.

Quanto ao prosseguimento do calendário, qualquer afirmação ainda é prematura. Mas neste momento o planejamento prevê manter as dez etapas da temporada, apenas reposicionando a etapa adiada para o segundo semestre.

No momento está confirmada a prova do dia 26 de abril, inicialmente programada como 2ª etapa da temporada 2020.

"Lamentamos todos os impactos que esta decisão acarretará a todas as partes envolvidas. Torcemos para que os esforços de combate ao COVID-19 surtam os efeitos desejados, e que a normalidade seja restabelecida o mais breve possível.", comentou a organização do evento. 

 

NOVIDADES

O inspetor da FIM – Nicolas Tortone – veio ao Brasil no mês de fevereiro para vistoriar o autódromo, o aprovando em todos os quesitos ao lado da organização do SuperBike Brasil e da Confederação Brasileira de Motociclismo (CBM).

Com a novidade, a equipe argentina RXP Racing Team – liderada pelo piloto Alberto Auad – já confirmou que virá ao Brasil para correr. No time, também teremos os argentinos Christian Simonit, Franco Pandolfino, Facuando Orellana, Federico Barrera e Lucio Lemos.

Na nova SuperSport 400, o campeonato contará também com a entrada oficial da fabricante austríaca KTM, fornecendo a Duke 390 para os concorrentes interessados.

A Honda continua como parceira do evento, e além de ajudar revelando talentos de 8 a 16 anos de idade na Junior Cup, introduzirá uma nova categoria: a Copa Pro Honda CBR 650R. Atestando o sucesso do novo campeonato, 35 nomes já estão confirmados na temporada de 2020. Com isso, se espera que a categoria se torne o maior torneio monomarca da história.

Ainda falando do calendário, o campeonato contará neste ano com o novíssimo autódromo Potenza. Localizada em Juiz de Fora (MG), esta pista é a primeira do país a ser desenvolvida originalmente para a prática do motovelocidade, com grandes áreas de escape e estrutura de última geração.

Por fim, o SuperBike Brasil contará com uma novidade importante na direção de provas. Com mais de 40 anos de experiência no mundo do esporte a motor, Belmiro Jr aceitou o desafio e irá se tornar o diretor de provas oficial do maior campeonato de motovelocidade das Américas. Piloto renomado no automobilismo brasileiro e entusiasta do mundo das motos, ele assume a gerência das corridas neste ano.

 

Primeira etapa aconteceria com portões fechados

A organização do SuperBike Brasil chegou a informar que a primeira etapa do campeonato 2020, agendada para 22 de março, no Autódromo de Interlagos, estava confirmada e seria realizada com portões fechados ao público. A presença no evento estaria restrita somente a equipes e pilotos, mas acabou por cancelar.


Confira o calendário de 2020 do SuperBike Brasil:
1ª 22 de março - Interlagos/SP / CANCELADA
2ª 26 de abril - Interlagos/SP
3ª 24 de maio - Interlagos/SP
4ª 21 de junho - Interlagos/SP
5ª 26 de julho - Interlagos/SP
6ª 30 de agosto - Interlagos/SP
7ª 20 de setembro - Goiânia/GO
8ª 25 de outubro - Juiz de Fora/MG 
9ª 22 de novembro - Curitiba/PR
10ª 20 de dezembro - Interlagos/SP