Royal chega a Curitiba

Marca indiana abre sua primeira loja no sul do país.

Royal chega a Curitiba
Royal chega a Curitiba
Royal chega a Curitiba
Royal chega a Curitiba
Advertisement
Advertisement
Advertisement

A Royal Enfield anunciou a abertura da sua mais nova concessionária no Brasil, sendo a primeira no Sul do país, em Curitiba.  A capital paranaense é uma das referências em mercado no segmento e foi escolhida pela marca indiana para iniciar e dar maior suporte nas operações comerciais na região.

A concessionária de Curitiba abriu suas portas no sábado, 8 de junho, às 9h, na Av. General Mário Tourinho, 710, no bairro Seminário. A data de abertura foi celebrada com gastronomia, reunindo opções da baixa gastronomia, assim como chope artesanal. 

Primeira no Sul 

Marca de motocicletas mais antiga em produção contínua, criada no ano de 1901, em Redditch, na Inglaterra, a Royal enfiled é hoje uma divisão da Eicher Motors Limited (EICHERMOT), empresa de capital indiano. A estratégia de crescimento e foco internacional da marca é liderar e expandir o segmento global de motocicletas de média cilindrada (250cc a 750cc).

A primeira loja da marca no Sul do Brasil, em Curitiba, pretende criar um ambiente que une experiência diferenciada de vendas e pós-vendas, promoção de passeios coletivos e eventos para a comunidade de motociclistas, além de outras ações e serviços. O espaço, com visão similar de uma sala de estar de um apaixonado por motocicletas, contará com apelo visual único, interagindo com o mostruário inovador de produtos. Consta também em seu portfólio um completo conjunto de roupas e acessórios, com equipamentos personalizados e uma linha de vestuário destinada à proteção urbana.

A loja foi projetada para se tornar um ponto de encontro para os amantes da modalidade expressarem sua paixão.

Na capital paranaense, a marca apresenta os três modelos que já são comercializados no mercado nacional, com a finalidade de disseminar a filosofia de "Puro Motociclismo".

"O consumidor de Curitiba e região terá a possibilidade de conhecer máquinas que traduzem o verdadeiro significado de clássicos atemporais. Nossa ideia é permitir a cada um deles uma experiência única

Claudio Giusti, diretor geral da Royal Enfield no Brasil. 

- Bullet (500cc) – Ícone do motociclismo desde 1932- A Bullet nasceu com um design único, monocilíndrica e com uma suspensão britânica de uma válvula. O modelo detém o recorde de ser a mais antiga motocicleta em produção contínua do mundo, desde 1932. Com uma base mundial de clientes muito leal,  o Bullet é reconhecido por ser sinônimo de resistência e confiabilidade e, portanto, permace em famílias por muitas gerações. Apresenta design atemporal e icônico, que mantém o visual tradiconal de mais de oito décadas, mas agora tecnologicamente equipada com os avanços da engenharia. A Bullet preserva a mesma pintura clássica à mão, desenhada em pinstriping, disponível em preto com prata, verde com ouro cinza com laranja, acompanhado por uma insígnia da Royal Enfield, que simboliza sua realeza.

 - Classic (500cc) – A urbana retrô - Este modelo da Royal Enfield é uma viagem no tempo, combinando sinais de estilo clássico com peças modernas, que trazem o retrô a um novo patamar. Estas motocicletas misturam o poder, a eficiência de combustível, a confiabilidade e a simplicidade, tudo somado a um estilo pós-guerra. As suas características mais marcantes são o famoso ronco do motor, que chama a atenção por onde passa, e o tanque de combustível com design característico da final da década de 40, que trazem um visual vintage para o modelo. A Classic está disponível em três cores tradicionais, azul, preta e bege, e também em três estilos militares, que se referem à época em que estas m´quinas atuavam nos campos de batalha: Battle GreenSquadron Blue e Desert Storm.

O modelo Classic Chrome também estará disponível no mercado nacional. A motocicleta é similar a Classic 500, mas com uma dose generosa de cromo sobre ela. Assim como o seu modelo base, mantém o estilo britânico clássico dos anos 50: simples e harmonioso.

- Himalayan (411cc) – Feita para todas as estradas, mesmo quando não há estrada - A Himalayan é fruto da longa história de seis décadas de pilotagem da Royal Enfield em seu lar espiritual – os Himalaias. "

Nossa maior reflexão em todos esses anos foi que a melhor motocicleta para a região não é a que tenta dominar o ambiente, mas sim a que é capaz de seguir seu fluxo natural. Os modelos de turismo de aventura que atualmente definem esta categoria são muito grandes e acabam não se saindo bem em terrenos como dos Himalaias. São muito pesados, complicados e inadequados para este tipo de região. Projetada sob medida e a partir do zero, a Himalayan é uma motocicleta simples e capaz de ir a qualquer lugar, que vai diversificar o turismo de aventura no Brasil" 

Arun Gopal, diretor de Negócios Internacionais da Royal Enfield. 

A Himalayan está presente em outros países e é um dos modelos mais vendidos da Royal Enfield, em mercados como Estados Unidos, Reino Unido e Austrália, além de muitos outros do continente europeu.