Honda e Yamaha cancelam patrocínio e se retiram do Superbike Brasil

Empresas esperam apuração dos fatos, antes de retornarem à competição de motovelocidade

Honda e Yamaha cancelam patrocínio e se retiram do Superbike Brasil






O ano de 2019 tem sido complicadíssimo para a Motovelocidade no Brasil. Após a perda de dois pilotos em um curto espaço de tempo, ambos no Circuito de Interlagos, as duas principais patrocinadoras da modalidade optaram por se retirar momentaneamente. Confira logo a seguir o comunicado oficial enviado pela Honda. 

"A Honda recebeu com profundo pesar a notícia da morte do piloto Danilo Berto (foto) da equipe PRT (Pitico Racing Team), confirmada neste domingo (26), em decorrência do acidente sofrido durante a terceira etapa do SuperBike e presta solidariedade aos familiares, amigos e a toda a comunidade da motovelocidade no Brasil. A Honda decidiu suspender temporariamente sua participação em todas as categorias e o patrocínio ao SuperBike Brasil, até que as causas sejam esclarecidas e medidas efetivas sejam tomadas pela organização para atestar as condições de segurança aos participantes."

YAMAHA TAMBÉM SAI

Poucos minutos após o anúncio oficial da Honda, outra gigante do mercado enviou um comunicado à imprensa. Desta vez foi a Yamaha quem divulgou uma saída, provavelmente temporária, de sua equipe e seus patrocínios. Confira: "A Yamaha Motor do Brasil lamenta o acidente que vitimou o piloto Danilo Berto, da Equipe PRT Racing, ocorrido no domingo 26/05, no Circuito de Interlagos, durante o aquecimento da categoria Extreme do SuperBike Brasil, e presta condolências aos familiares e amigos. A Yamaha informa que irá suspender temporariamente o patrocínio ao SuperBike Brasil e sua participação com a categoria R3 Cup. A suspensão seguirá até que a organização do SuperBike Brasil apresente medidas adicionais que efetivamente comprovem a segurança dos participantes." 

HISTÓRICO DE ACIDENTES

Para quem não se lembra ou não sabia, Danilo Berto é o mesmo piloto que tempos atrás sofreu um acidente na largada em Interlagos. Naquela oportunidade ele perdeu o controle da moto e foi atropelado por outro competidor, sofrendo grave fratura na perna. Confira no vídeo a seguir: