Gas Gas estreia no Motocross em 2020

A marca espanhola, adquirida pela KTM, confirma equipe para disputar Motocross, Rally e Hard Enduro na próxima temporada.

Gas Gas estreia no Motocross em 2020
Gas Gas estreia no Motocross em 2020






A Gas Gas expandirá radicalmente seu programa de competição do Campeonato Mundial da FIM para 2020 e participará de equipes em novas disciplinas, como Motocross, Rally e Enduro.

A GasGas fará um histórico passo inaugural na MXGP, graças a uma aliança com o time Standing Construct, expandirá sua presença e competitividade no Rally graças à ligação com a recordista Laia Sanz e utilizará o talento de Taddy Blazusiak nas provas de Enduro e Extreme Enduro.

Será o primeiro trabalho da fábrica no Motocross, com os pilotos Glenn Coldenhoff e Ivo Monticelli. Coldenhoff conquistou a 3ª posição na classificação 2019 do MXGP. Monticelli impressionou em sua segunda temporada no MX, chegando a ocupar o 11º lugar no campeonato.

Laia Sanz, campeã mundial de enduro e recordista de títulos femininos, vai liderar os esforços para recolocar a GasGas no topo das competições. A atleta de 34 anos desembarcará no Oriente Médio em algumas semanas para disputar a 42ª edição do Rally Dakar, que começa em 5 de janeiro.

Taddy Blazusiak, o polonês de 36 anos, representará a GasGas no WESS Enduro World Championship, campeonato mais consagrado do Hard Enduro. 

Tim Mathys será o diretor da Equipe Gas Gas Factory Racing. "É uma honra ser a primeira equipe do MXGP a levar esse distintivo famoso e começar uma nova era. Quero agradecer à gerência da Gas Gas Racing e à Pierer Mobility AG pelo apoio. Mudaremos de cor, mas não a ambição de continuar na frente do MXGP. ”

Robert Jonas, vice-presidente de competições off-road da Gas Gas, comenta: “É outra história fascinante que se inicia. É uma marca forte e muito reconhecível, por isso é empolgante ver como podemos inseri-la em novas corridas.".