Bruno Crivilin segue como melhor brasileiro no ISDE

Gabriel Soares, também da equipe Honda Racing, sobe na classificação da categoria E2;

Bruno Crivilin segue como melhor brasileiro no ISDE
Bruno Crivilin em ação no ISDE 2019
Bruno Crivilin segue como melhor brasileiro no ISDE






Ao contrário da etapa de abertura, o segundo dia de disputas da 94ª edição do International Six Days Enduro trouxe sol nesta terça-feira (12/11), mas com muito vento e poeira da região do Autódromo Internacional do Algarve, em Portugal. O capixaba Bruno Crivilin, da equipe Honda Racing, segue como o melhor brasileiro na tradicional competição. 

Com a motocicleta CRF 250RX, o piloto confirmou nesta segunda etapa o 22º lugar na categoria E1 e a 58ª colocação na classificação geral da prova. Desta forma, nos resultados que somam os tempos dos dois dias, ele está em 20º na E1 e em 54º lugar na classificação geral.   
 
“Meu desempenho foi melhor que o do dia anterior, mas no geral não consegui ainda andar do jeito que eu queria. Já foram 600 quilômetros de competição, mas faltam quatro dias. A pista vai ficando esburacada no decorrer do dia e mais difícil. Aos poucos, vamos pegando o ritmo dos desafios internacionais, que é bem diferente das provas brasileiras”, destaca o atual campeão nacional da modalidade na Enduro GP (geral) e E1.

Estreante na competição, Gabriel Soares está bastante focado em adquirir o máximo de experiências. Ele subiu três posições na classificação da categoria E2 e agora está em 26º lugar, com a CRF 450RX. “Estou tentando crescer ao longo dos dias e impor velocidade ao passo que a disputa vai evoluindo. Sinto que melhorei um pouco mais em relação ao primeiro dia e espero ir assim até o final do Six Days”, conta o mineiro, 71º colocado e segundo melhor brasileiro na classificação geral. Ele concluiu o dia em 26º na classe e em 68º lugar na geral.

Time Júnior sofre baixa - Paralelamente às categorias individuais, os pilotos da equipe Honda Racing representam o time Júnior nas disputas coletivas por países, para atletas de até 23 anos. Depois de estrear em 10º lugar, a equipe sofreu uma baixa importante, já que o carioca Nicolás Rodriguez não completou a prova e encerrou a participação no Six Days de forma precoce. 

“Infelizmente tive um problema e acabei demorando para chegar no controle de horário. Como no regulamento da Júnior não é possível fazer esse ajuste, eu não poderei continuar. De qualquer forma, sigo acompanhando a prova e vou ajudar meu time no que puder. Afinal, estar no Six Days é sempre uma experiência incrível”, finaliza o carioca. 

Com isso, o Brasil, que sofreu penalização e finalizou o dia em 13º lugar entre as equipes Júnior, fica sem chances de estar entre os melhores times dessa disputa. 

Restam mais quatro dias de prova e, nesta quarta-feira (13/11), os pilotos encaram mais duas voltas no circuito, que engloba sete especiais (trechos cronometrados). No total, o 94º International Six Days Enduro inclui 650 pilotos de mais de 30 países. 

A equipe Honda Racing de Enduro FIM é patrocinada por Pro Honda, ASW, Alpinestars, DID e Seguros Honda.

Resultados - International Six Days Enduro 2019

Resultados do 2º dia

Classificação geral 
1 - #11 - Daniel Sanders (AUS) - 46:04.49
2 - #53 - Josep Garcia (ESP) - 46:41.02
3 - #22 - Taylor Robert (EUA) - 47:18.11
4 - #21 - Kailub Russel (EUA) - 47:33.29
5 - #13 - Luke Styke (AUS) - 48:06.25
58 - #124 - Bruno Crivilin (BRA) - 51:15.48 - Equipe Honda Racing Brasil
68 - #125 - Gabriel Soares (BRA) - 52:07.02 - Equipe Honda Racing Brasil

Categoria E1
1 - #53 - Josep Garcia (ESP) - 46:41.02
2 - #13 - Luke Styke (AUS) - 48:06.25
3 - #34 - Andrea Verona (ITA) - 48:09.35
4 - #16 - Lyndon Snodgrass (AUS) - 48:21.22
5 - #20 - Ryan Sipes (EUA) - 48:32.50
22 - #124 - Bruno Crivilin (BRA) - 51:15.48  - Equipe Honda Racing Brasil

Categoria E2
1 - #22 - Taylor Robert (EUA) - 47:18.11
2 - #21 - Kailub Russel (EUA) - 47:33.29
3 - #33 - Davide Guarneri (ITA) - 48:13.61
4 - #15 - Fraser Higlett (AUS) - 48:30.97
5 - #26 - Grant Baylor - 48:42.54
26 - #125 - Gabriel Soares (BRA) - 52:07.02  - Equipe Honda Racing Brasil

Categoria Júnior
1º - Austrália - 2:25:48.22
#14 - Michael Driscoll - 48:56.03
#15 - Fraser Higlet - 48:30.97
#16 - Lyndon Snodgrass - 48:21.22

2º - Estados Unidos - 2:28:01.02
#24 - Joshua Toth - 50:35.76
#25 - Ben Kelley - 48:44.72
#26 - Grant Baylor - 48:40.54

3º - Itália - 2:29:03.43
#34 - Andrea Verona - 48:09.35
#35 - Matteo Pavoni - 49:54.24
#36 - Claudio Spanu - 50:59.84

4º - França - 2:29:35.69
#43 - Theo Espinasse - 48:58.99
#45 - Leo Le Quere - 50:26.19
#46 - Till De Clercq - 50:10.51

5º - Inglaterra - 2:31:44.34
#164 - Daniel Mundell - 49:48.36
#165 - Alex Walton - 51:06.59
#166 - Jed Etchells - 50:49.39

13º - Brasil - 4:43:22.50
#124 - Bruno Crivilin - 51:15.48 - Equipe Honda Racing Brasil
#125 - Gabriel Soares - 52:07.02 - Equipe Honda Racing Brasil
#126 - Nicolas Rodriguez - 3:00:00.00 - Equipe Honda Racing Brasil

Resultados acumulados após dois dias de prova

Classificação geral 
1 - #11 - Daniel Sanders (AUS) - 1:31:37.60
2 - #53 - Josep Garcia (ESP) - 1:32:48.16
3 - #22 - Taylor Robert (EUA) - 1:34:03.74
4 - #21 - Kailub Russel (EUA) - 1:34:25.07
5 - #13 - Luke Styke (AUS) - 1:35:13.65
54 - #124 - Bruno Crivilin (BRA) - 1:40:37.71  - Equipe Honda Racing Brasil
68 - #125 - Gabriel Soares (BRA) - 1:42:22.05 - Equipe Honda Racing Brasil

Categoria E1 
1 - #53 - Josep Garcia (ESP) - 1:32:48.16
2 - #13 - Luke Styke (AUS) - 1:35:13.65
3 - #20 - Ryan Sipes (EUA) - 1:35:17.81
4 - #34 - Andrea Verona (ITA) - 1:35:25.73
5 - #16 - Lyndon Snodgrass (AUS) - 1:35:34.60
20 - #124 - Bruno Crivilin (BRA) - 1:40:37.71  - Equipe Honda Racing Brasil

Categoria E2 
1 - #22 - Taylor Robert (EUA) - 1:34:03.74
2 - #21 - Kailub Russel (EUA) - 1:34:25.07
3 - #33 - Davide Guarneri (ITA) - 1:35:27.15
4 - #15 - Fraser Higlett (AUS) - 1:35:36.56
5 - #25 - Ben Kelley (EUA) - 1:36:04.47
26 - #125 - Gabriel Soares (BRA) - 1:42:22.05  - Equipe Honda Racing Brasil

Categoria Júnior 
1º - Austrália - 4:48:05.95
2º - Estados Unidos - 4:51:32.85
3º - Itália - 4:53:30.07
4º - França - 4:53:57.90
5º - Inglaterra - 4:57:17.94
13º - Brasil - 7:15:45.47