Abraciclo divulga os vencedores do Prêmio de Jornalismo 2019

Premiaçãoes ultrapassaram os R$ 80 mil

Abraciclo divulga os vencedores do Prêmio de Jornalismo 2019






A Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares – Abraciclo anunciou nesta segunda-feira (18/11) os vencedores do Prêmio Abraciclo de Jornalismo 2019. A solenidade de premiação aconteceu durante almoço no Salão Duas Rodas, no São Paulo Expo.

Com quase 300 matérias inscritas, os finalistas do Prêmio Abraciclo de Jornalismo foram: Adneison Severiano, Beatriz Bernardo da Silva, Carla Guimarães, Fábio Ramalho de Araújo e Silva, Guilherme Paranaíba Gouveia, Marcos Adami, Rebeca Mota de Moraes, Renata Falzoni, Roberto Agresti e Roberto Dutra e Thiago Reis Corte.

“A qualidade das reportagens superou nossas expectativas dando bastante trabalho para comissão julgadora. E é exatamente esse o nosso objetivo: estimular a criatividade e o talento dos jornalistas na elaboração de pautas diferenciadas sobre mobilidade urbana e lazer a partir do uso eficiente e consciente dos veículos de duas rodas”, afirma Marcos Fermanian, presidente da Abraciclo. 

Os primeiros colocados em cada uma das quatro categorias (Motocicleta – Impresso & Digital, Motocicleta – Som & Imagem, Bicicleta e Polo Industrial de Manaus/PIM) receberam um troféu e o valor de R$ 8.000,00, já deduzidos dos impostos incidentes.

Os jornalistas classificados em segundo lugar, foram contemplados com R$ 3.500,00 e os que ficaram na terceira colocação R$ 2.500,00. Todos ganharam placas em homenagem aos seus trabalhos.

A comissão julgadora do Prêmio Abraciclo de Jornalismo 2019 foi formada pelos jornalistas Andressa Rogê, Celso Miranda, Fausto Macieira, George Guimarães e Sérgio Quintanilha.

 

Vencedores de cada categoria

Motocicletas – Impressa & Digital

 

1º lugar – Roberto Dutra, pela reportagem “Minha primeira moto”, publicada no jornal O Globo (RJ).

2º lugar - Guilherme Paranaíba Gouveia, pela reportagem “Mobilidade Urbana - Para onde vamos (e como estamos indo)”, publicada no jornal Estado de Minas (MG).

3º lugar – Carla Guimarães, pela reportagem “Mercado de entregas causa debate sobre condições de trabalho”, publicada no jornal O Popular (GO).

 

Motocicletas – Som & Imagem

 

1º lugar - Fabio Ramalho de Araújo e Silva, pela reportagem "Achamos no Rio: conheça o museu de motos em Petrópolis (RJ)”, veiculada no programa Balanço Geral, RJ.

2º lugar – Roberto Agresti, pela reportagem “Não há políticas públicas para motocicletas”, veiculada no programa CBN Moto, da Rádio CBN.

3º lugar - Beatriz Bernardo da Silva, pela reportagem “Cerol mata”, veiculada na Super Rádio Tupi.

 

Bicicletas

 

1º lugar – Marcos Adami, pela reportagem “E-bike, a reinvenção da bicicleta”, publicada na Bike Magazine.

2º lugar – Renata Falzoni, pela reportagem “Bicicleta faz refugiados se sentirem em casa”, veiculada no canal Bike é Legal, do YouTube.

3º lugar – Thiago Reis Corte, pela reportagem “Malha cicloviária das capitais cresce 133% em 4 anos e já passa de 3 mil quilômetros”, veiculada no G1.

 

Polo Industrial de Manaus (PIM)

 

1º lugar – Adneison Severiano, pela reportagem “Polo Industrial de Manaus na trilha da Indústria 4.0: nova era da manufatura avançada”, publicada no portal Brasil Hoje.

2º lugar – Rebeca Mota de Moraes, pela reportagem “Mão de obra feminina se fortalece no polo de duas rodas do PIM”, publicada no jornal Em Tempo.

3º lugar – Rebeca Mota de Moraes, pela reportagem “Bike ao trabalho: manauaras trocaram transporte e garantem bem-estar”, publicada no jornal Em Tempo.