A Historia por trás de cada planilha

Antigamente, poucos pilotos sabiam de fato como eram planejado e desenvolvido uma competição off road.

A Historia por trás de cada planilha
Advertisement
Advertisement
Advertisement

Antigamente, poucos pilotos sabiam de fato como eram planejado e desenvolvido uma competição off road. Hoje, com fácil acesso aos aplicativos e redes sociais, podemos acompanhar o trabalho árduo e incessante de cada organizador.

Fazer uma prova como eu gostaria que fosse.. Esse é o lema que adotei desde 2008, ano que comecei a levantar provas off road. Após a realização de 18 Enduros de regularidade e 7 Enduros FIM e , me sinto orgulhoso pelo trabalho e muito grato, pelos que estiveram comigo nessa jornada.

Por muitos momentos pensei em desistir, pela falta de recursos ou pela má fase do Enduro de Regularidade. Cheguei a fazer duas provas do campeonato estadual com menos de 15 pilotos. Fato que não me abateu... fui buscar alternativas que solucionasse aquela situação, nascendo assim os cursos de navegação , onde conseguimos introduzimos os principais personagens do enduro de regularidade da atualidade. Algumas dificuldades foram superadas com muito trabalho e um pouco de ilusão que um dia iria melhorar.

Organizar ou apenas levantar uma prova off road, tem mais desafios do que muitos imaginam. Tudo começa por um bom planejamento, passa pela captação de recursos, pelo levantamento técnico e por fim, a execução no dia da competição. Graças a Deus, após muito trabalho e dedicação, hoje sou reconhecido nacionalmente como um dos melhores levantadores de enduro de regularidade do Brasil, fato esse que não me vanglória, e sim me preocupa, pois os pilotos sempre esperam de mim, uma precisão que foge até da realidade.

Antigamente tínhamos a cultura de achar que o levantador da prova não poderia corrigir, pois não enxergariam possíveis erros. Aos poucos fui quebrando esse paradigma, levantando, corrigindo e marcando os PCs e ainda fazendo o trabalho de “abri trilha” no dia da prova. Hoje, estou com oito levantamentos sem nenhum erro de tulipa(ângulos), nenhum erro de hodômetro (tolerância de 10 metros) ou com tulipa de múltipla interpretação . Manter esse padrão de excelência, só é possível com muita perseverança e obstinação pelos detalhes, pois para mim, cada referencia é uma história.

Parabenizo todos os levantadores de provas do brasil, em especial aos organizadores de Enduro de regularidade, que são, nitidamente, os mais perseverantes e detalhistas . Pessoas diferenciadas e que merecem todo reconhecimento no Off Road.